MENU

Militares do Exército voltam de missão de paz

Militares do Exército voltam de missão de paz

Atualizado: Quarta-feira, 18 Agosto de 2010 as 9:25

Após seis meses de intensas atividades, os 142 militares integrantes da missão de Força de Paz no Haiti começam a regressar para seus lares. No início da madrugada de ontem, os primeiros 47 representantes do Exército Brasileiro desembarcaram na Base Aérea do Recife. Desse total, 11 são lotados em Pernambuco, o restante pertence ao Comando Militar do Leste, sediado no Rio de Janeiro. A segunda leva vinda daquele país caribenho, com efetivo de 95 militares, tem desembarque previsto, no Recife, para 25 de agosto, quando é comemorado o Dia do Soldado.

Na volta para casa, os militares foram recebidos pelo comandante da 1ª Brigada de Infantaria Motorizada, general Geraldo Gomes de Mattos, além de outros oficiais do Exército, parentes e amigos. Por volta de 1h de ontem, quando a aeronave tocou o solo pernambucano, a alegria tomou conta de filhos, mães e esposas, que aguardavam o regresso de seus heróis. “Estou muito orgulhosa do meu menino”, disse a mãe do sargento Josuel Francisco, Maria Clara.

Com lágrimas nos olhos, o cabo Alexandre Barbosa Teófilo pôde abraçar seus parentes depois de ficar aproximadamente 180 dias longe de casa. Apesar do sacrifício, o militar estava honrado do dever cumprido. “Servimos o nosso País e conseguimos contribuir para a superação daquele povo”, disse.  

Postado por: Thatiane de Souza

Após receber os cumprimentos dos familiares, os militares passarão por uma bateria de exames médicos. Os militares pernambucanos respondem por mais da metade do efetivo nordestino enviado ao Haiti. São 76 homens. Os militares, subordinados ao Comando Militar do Nordeste (CMNE) na composição do 12º Contingente, foram enviados ao exterior de forma emergencial, por solicitação da ONU, para auxiliar na reconstrução da capital haitiana, arrasada pelo terremoto do dia 8 de janeiro passado, quando mais de 200 mil pessoas morreram e milhares ficaram feridas e desabrigadas.

Eles se uniram aos cerca de 900 homens do Exército Brasileiro que controla a Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah), desde 2004. Em seis anos de atividades, a Força Terrestre vem contribuindo para restabelecer as condições mínimas de vida no Haiti, participando de iniciativas de caráter humanitário e em ações que visam a reconstruir a infraestrutura daquele país.

veja também