MENU

Mini Cópia encara o Mini Cooper no Salão do Automóvel de SP

Mini Cópia encara o Mini Cooper no Salão do Automóvel de SP

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 10:42

Os chineses da Lifan não se contentaram em se “inspirar” no ícone britânico Mini Cooper (motor 1.6 de 120 cv) para construir o compacto 320 (motor 1.3 de 85 cv). No Salão de SP , que vai até o dia 7 de novembro, o estande da Lifan está estrategicamente ao lado do espaço da Cooper. E mais: o genérico fica cara a cara com o original (veja a foto do Lifan 320 , com o Mini ao fundo), em uma estratégia que vai além da provocação.

O marketing da comparação direta é muito bem feito pelo pessoal da Lifan. Mesmo que, na prática, não haja muito mais que o visual parecido para se comparar – o esmero na construção do Mini é infinitamente melhor. Os próprios chineses, porém, assumem a posição de genérico e até levaram um sósia do Mr. Bean (personagem cômico inglês, que usa um Mini Cooper) na coletiva de imprensa do evento ( Quiz: você conhece a história do Salão de SP? ).

Toda essa superioridade do modelo original tem seu preço: o inglês custa a partir de R$ 89,7 mil, ou seja, três vezes mais que o modelo chinês (R$ 29,98 mil). Na prática, o pessoal da Cooper (que pertence à BMW) não tem com o quê se preocupar. Quem compra um Mini, não compra um Lifan 320 - e vice-versa.

Mas que deve irritar ver o genérico do lado e ainda tirando onda, isso deve.    

veja também