Ministério Público denuncia acusados de agressão a morador de rua em SP

Ministério Público denuncia acusados de agressão a morador de rua em SP

Atualizado: Sexta-feira, 18 Fevereiro de 2011 as 8:59

O Ministério Público de Lindoia, a 154 km de São Paulo, ofereceu denúncia nesta quinta-feira (17) contra os dois homens indiciados pela agressão a um morador de rua ocorrida no dia 31 de janeiro. Uma câmera da central de monitoramento da cidade registrou as agressões.

O promotor Rafael Belucci denunciou os dois jovens por lesão corporal e injúria real, que é a humilhação contra uma pessoa. Os dois acusados serão intimados pela Justiça e devem responder ao processo criminal. Um adolescente também é suspeito de envolvimento no caso. Entretanto, o promotor informo que ainda não recebeu o processo sobre ele.     Os acusados foram identificados por meio das câmeras de segurança. Pelas imagens, um dos rapazes tenta laçar o homem. Ele cai e seus pés dele são amarrados por outro homem, mas é rendido novamente. Os pés são atados, ele é puxado com violência e é amarrado de novo, agora a uma placa de sinalização. Até os sapatos da vítima são retirados por um dos agressores. A humilhação só terminou quando agentes de trânsito se aproximaram e desamarraram o homem.

Renato Carlos de Sousa, de 36 anos, contou que saía de uma casa de forró, na madrugada de segunda-feira (31), quando foi surpreendido pelo grupo de jovens. “Foi uma briga que eu não vi. Eu estava sentado quietinho. Vieram para cima de mim”, disse. O catador de papel disse que não provocou os rapazes e sobre o motivo que teria incentivado a agressão, ele afirmou “que foi uma brincadeira deles, acho que eles estavam bêbados.”    

veja também