MENU

Ministério Público denuncia três PMs baianos por execução em Jequié

Ministério Público denuncia três PMs baianos por execução em Jequié

Atualizado: Quinta-feira, 27 Outubro de 2011 as 9:33

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) denunciou e pediu a suspensão de três policiais militares lotados no 19º Batalhão da Polícia Militar de Jequié acusados de executar um homem de 26 anos em 20 de novembro de 2010. Os PMs são acusados de homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe (quando não há motivações moralmente aceitas) e crime de fraude processual, por tentarem criar uma cena que justificasse a execução.

Segundo o inquérito, o rapaz foi assassinado por volta das 12h40 do dia 20 de novembro de 2010, após ter sido abordado e revistado pelos PMs. Ainda segundo a denúncia, logo após a revista, a motocicleta do homem foi colocada na traseira da viatura conduzida pelos policiais e a vítima foi levada para uma estrada localizada na BR-330, local onde houve a execução.   Segundo o MP, os policiais forjaram um auto de resistência, tentativa de criar uma cena que não existiu para justificar o assassinato. Os policiais teriam alegado que a vítima revidou a uma investida policial, mas as investigações acusaram que os próprios PMs introduziram na cena do crime uma arma de fogo atribuída ao jovem.

A Promotoria acredita que a permanência dos acusados no exercício de suas funções traz perigo à sociedade. A denúncia foi assinada pelos promotores de Justiça Maurício Pessoa Godim de Matos, Gilmara Espírito Santo Barreto, Rafael de Castro Matias e Marcos Alves Peixoto. Os promotores aguardam a decisão da Justiça, que avaliará a denúncia.    

veja também