MENU

Ministério Público encontra irregularidades em doações de campanha de Kassab

Ministério Público encontra irregularidades em doações de campanha de Kassab

Atualizado: Quinta-feira, 7 Maio de 2009 as 12

O Ministério Público Eleitoral vai pedir à Justiça que rejeite as contas de campanha apresentadas pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), referentes às eleições de 2008. As investigações da promotoria encontraram irregularidades em doações ao prefeito e a 46 dos 55 vereadores eleitos na cidade, de quais o Ministério Público também deve pedir a impugnação das contas.

O promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes, da Primeira Zona Eleitoral, afirma que, em sua análise, encontrou irregularidades como doações feitas por empresas que têm ligações com concessionárias de serviços públicos e doações de associações. "Esse tipo de doação é ilegal. Meu entendimento é de que essas irregularidade têm que ser coibidas", afirma o promotor.

A intenção de Lopes é de que e a Justiça considere o prefeito e os 46 vereadores - que estão com os nomes sob sigilo - inelegíveis.

O Ministério Público ainda deve analisar as prestações de contas de candidatos que não foram eleitos em busca de outras irregularidades.

Outro lado

Kassab disse na manhã desta quinta-feira não considerar errada a contribuição de empresas que têm ligação com a administração municipal. "Desde que tudo esteja dentro da lei e seja feito com transparência como foi feito em todas as últimas eleições pelas mesmas empresas e eu acho que existe uma relação de verdade com o eleitor e portanto a conduta é correta", afirmou.

O democrata, entretanto, ressaltou que a sua campanha era autônoma e mantinha uma estrutura jurídica que acompanhava todas as ações realizadas pelo seu comitê.

"Essa questão terá seus pontos esclarecidos. Seremos sempre muito cooperativos e estou muito tranquilo com relação a nossa conduta no campo ético e jurídico", disse.

veja também