Ministério Público Federal investiga interrupções em ponte no Guaíba

Ministério Público Federal investiga interrupções em ponte no Guaíba

Atualizado: Segunda-feira, 11 Outubro de 2010 as 4:26

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul deve investigar as causas das interrupções no trânsito da ponte que fica sobre o Guaíba, que liga Porto Alegre à região sul do Rio Grande do Sul. O objetivo é identificar os responsáveis e apontar possíveis soluções, de acordo com uma nota divulgada pela assessoria de imprensa.

Ainda de acordo com o Ministério Público Federal, neste ano, o trânsito no local foi interrompido em pelo menos três ocasiões, em abril, julho e outubro.

A portaria de instrução do inquérito sobre esse caso foi assinada pelos procuradores do Núcleo do Consumidor e da Ordem Econômica, Alexandre Amaral Gavronski e Silvana Mocellin.   Deve ser realizada uma audiência pública neste mês, para a discussão do problema. Além dos procuradores, serão convidados representantes da concessionária, representantes de órgãos públicos e de entidades da sociedade civil.

A assessoria de imprensa da concessionária Concepa informou ao G1 que já encaminhou ao Ministério Público informações sobre o funcionamento da ponte e sobre as ocorrências registradas desde 1997.    

veja também