MENU

Ministra exige que MT cumpra a meta de desmatamento ilegal zero

Ministra exige que MT cumpra a meta de desmatamento ilegal zero

Atualizado: Quarta-feira, 25 Maio de 2011 as 3:52

Ministra exige que desmatamento em Mato Grosso seja zero (Foto: Reprodução/ TVCA)

  A ministra do Meio Ambiente, Izabela Teixeira, exigiu que o estado de Mato Grosso cumpra a meta do “desmatamento ilegal zero” em visita nesta quarta-feira (25) a cidade de Sinop, a 500 km de Cuiabá. “O nosso compromisso é para reduzir e evitar futuros desmates. A presidente Dilma Rousseff (PT) não admite mais desmatamento”, declarou a ministra. A medida é para conter a disparada na devastação do estado registrada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) entre abril e maio.

Ainda conforme a ministra, a partir de agora o governo federal vai aumentar a fiscalização contra crimes ambientais. Uma das motivações foi o fato do Inpe apontar que o estado registrou 480,3 km² dos 593,0 km² desmatados entre março e abril na Amazônia legal. A ministra voltou a afirmar que o governo não sabe o que provocou esta aceleração do desmatamento, disse apenas que pode ter sido um fenômeno pontual.

Pedidos

Durante a visita, a ministra também ressaltou que pediu ao estado para disponibilizar nas internet as informações referentes ao desmatamento. O governador Silval Barbosa (PMDB) disse que isso será feito imediatamente.

O governador disse ainda que o estado vai encaminhar para o Banco Central um lista de nomes dos principais desmatadores do estado. “O objetivo é restringir o crédito para os produtores que insistirem em desmatar”, comentou o governador. A comitiva liderada pela ministra do meio ambiente deve fazer um sobrevoo em regiões onde o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) detectou desmatamentos.

Operação

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que os homens das forças federais que vão participar da operação devem chegar na cidade a partir das 14h (horário de MT).

 Ainda conforme o ministro, o foco da operação será na prevenção do desmatamento, repressão e apreensão de máquinas. A ação vai contar com a ação das força nacional de segurança e do exército brasileiro.

Sinop é uma das principais cidades do norte do estado e foi escolhida como base da operação por ter conseguido conter o avanço do desmatamento apesar de ter uma economia com forte ligação com o setor madeireiro.          

veja também