MENU

Ministro anuncia R$ 6,4 milhões para tratar usuários de drogas em SP

Governo anuncia R$ 6,4 milhões contra drogas em SP

Atualizado: Quarta-feira, 18 Janeiro de 2012 as 1:56

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou nesta quarta-feira (18), durante a primeira visita à capital paulista após o início da operação na Cracolândia, investimento de R$ 6,4 milhões para programas de tratamento de dependentes químicos. Segundo ele, R$ 3,2 milhões já estavam previstos, desde dezembro, para serem repassados nos seis primeiros meses deste ano. Ele visitou durante a manhã uma unidade para acolhimento e tratamento de usuários de droga que é construída na Rua Prates.

Por volta das 10h, o ministro esteve no Atendimento Médico Ambulatorial (AMA) da Sé e em duas unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) no Centro. Ele anunciou ainda que 16 equipes de saúde que atuam emSão Paulo vão ser treinadas para se tornar “consultórios de rua”, projeto que busca oferecer cuidados de saúde ao usuário de drogas no próprio espaço da rua.

O ministro também afirmou que a estrutura de saúde da unidade na Rua Prates funcionará 24 horas, assim como o Caps no Jardim Ângela.
A Operação Centro Legal, na região da Cracolândia, teve início no dia 3 de janeiro. Balanço divulgado pela PM na terça (17) informa que já haviam sido realizadas mais de 6 mil abordagens na região.

Padilha anunciou ainda a criação de dez residências terapêuticas em São Paulo. As residências são consideradas a última etapa do tratamento de dependentes químicos. Nelas, os usuários em recuperação partem para a reinserção social. Eles ficam abrigados para se restabelecer, podendo iniciar a procura por emprego.
Segundo o secretário de Saúde da capital, Januário Montani, do total de R$ 6,4 milhões anunciados pelo Governo federal, metade já foi recebida pelo município. Dos R$ 3,2 milhões, cerca de R$ 1,6 milhão será destinado aos consultórios de rua e o restante às residências terapêuticas.

veja também