MENU

Moradores de Heliópolis pedem ação permanente da PM contra baile funk

Moradores de Heliópolis pedem ação permanente da PM contra baile funk

Atualizado: Segunda-feira, 9 Maio de 2011 as 1:48

 Moradores da favela de Heliópolis, considerada a maior de São Paulo e localizada na Zona Sul da capital, pedem que a Polícia Militar faça com frequência operações como a da madrugada desta segunda-feira (9) para acabar com festas no meio da rua. A reclamação é com a música alta dos bailes funks, que vão até muito tarde.

Quem tem que acordar cedo já vai trabalhar na segunda-feira cansado porque não dormiu direito. Os policiais recebem em média 50 reclamações por causa do barulho por noite, sem contar o trânsito, que em algumas ruas fica impraticável.

A festa acontece no meio da rua e o som alto sai dos carros. A polícia diz que os bailes funks eram realizados em pelo menos três ruas deHeliópolis, começando às 21h e terminando de madrugada. Depois de 20 dias acompanhando a movimentação, os policiais acabaram com a festa. Em uma das ruas, a PM apreendeu 13 motos com documentos irregulares. Muita gente acompanhava tudo da janela.     "Nos finais de semana costuma ter um efetivo de mais de mil pessoas na rua, que fica tomada com a venda de bebida alcoólica, impedindo também o fluxo de veículos. Por isso, causa tanta reclamação a todos os populares de Heliópolis”, disse o tenente Guilherme William Pacheco.

O que deu para perceber na conversa com a população é que ela gostaria de uma polícia mais atuante, que não agisse só em situações específicas como a deste fim de semana. Pela manhã, em uma das vias que foram alvo de blitz na madrugada, não havia mais nenhum carro policial nem presença da única base móvel da PM.        

veja também