MENU

Moradores reclamam de má conservação da Avenida Celso Garcia

Moradores reclamam de má conservação da Avenida Celso Garcia

Atualizado: Sexta-feira, 1 Abril de 2011 as 4:04

Caminhar pelas calçadas da Avenida Celso Garcia, na Zona Leste de São Paulo, é um desafio. Com os motoristas, não é diferente. Buracos nas ruas da avenida atrapalham o trânsito, provocam acidentes e quedas dos pedestres. Em alguns trechos, o corredor de ônibus foi recapeado e as sobras de asfalto ficaram espalhadas pela calçada.

Ao longo de vários quilômetros, é possível encontrar pedras soltas, boca de lobo com a tampa completamente solta, calçadas irregulares e faixas de pedestre apagadas. Quase não há lixeira e os sacos de lixo ficam jogados pelo chão, amontoados perto de postes.

No asfalto, as ondulações põem à prova a suspensão de carros e ônibus. Perto da guia, o desnível é ainda maior. A avenida, que tem um pouco mais de 6 km de extensão, é caminho para muitos caminhoneiros. Alguns, se pudessem evitar, fariam outro percurso para fugir dos buracos e prejuízos. “Já tive problema com mola quebrada e um pneu destruído”, conta o motorista Valdir Souza Santos.

Segundo o coordenador de Obras e Serviços da Secretaria das Subprefeituras, Marcelo Bruni, existe um plano para recuperar a avenida. “Existe um projeto em finalização pela Secretaria de Subprefeituras, em conjunto com a SPTrans e a Secretaria de Transportes.”

Ele diz que o projeto engloba asfalto, limpeza e buracos. “Muitos dos problemas do asfalto vêm dos problemas de drenagem. A urbanização é muito antiga. Isso tudo precisa ser consertado.” O prazo, de acordo com o coordenador, é o final do mês de maio.

Acidente

Um acidente no cruzamento da Avenida Celso Garcia com a Salim Farah Maluf foi registrado na manhã desta sexta (1º). Um motociclista foi atropelado por um ônibus e ficou estendido no chão. O complicado foi descobrir quem furou o sinal vermelho.

Enquanto o motociclista era atendido, uma confusão foi se formando no trânsito: filas imensas de ônibus, carros e caminhões. Para tentar fugir, motoristas passavam por cima do canteiro. Um agente da CET tentou impedir, mas era só ele virar as costas que o desrespeito continuava.

Em poucos minutos, o motociclista foi colocado na ambulância e levado para o hospital.    

veja também