MENU

Moradores tentam recuperar objetos em meio a entulho após desabamento

Moradores tentam recuperar objetos em meio a entulho após desabamento

Atualizado: Quinta-feira, 10 Novembro de 2011 as 1:50

O trabalho de retirada do que restou do prédio de três andares que desabou no bairro de Massaranduba, em Salvador, começou por volta das 7h da manhã desta quinta-feira (10). A rua Rafael Uchoa permanece interditada. O acidente ocorreu por volta das 16h30 de quarta-feira (9). Duas mulheres e um homem ficaram soterrados e foram resgatados com vida. Os três já receberam alta de hospitais em Salvador.

Durante duas horas, foram retiradas mais de seis caçambas cheias de entulho. O trabalho é acompanhado de perto por vizinhos e parentes das vítimas. Até agora, poucos objetos foram recuperados dos escombros. Policiais militares passaram a manhã no local.

Na avenida vizinha ao imóvel que desabou, os moradores estão preocupados com o risco de novos acidentes. A fiação caiu e ficou exposta, junto ao entulho.

Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, os moradores do prédio não foram encaminhados para abrigos porque preferiram ficar na casa de parentes. Já 24 pessoas que ficaram desalojadas após o desabamento de uma residência no bairro Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico, foram encaminhadas para um abrigo em uma escola de Salvador. As demais pessoas também preferiram ir para a casa de familiares. Ainda de acordo com a Secretaria de Assistência Social, as famílias cadastradas pela Defesa Civil como vítimas dos estragos provocados pela chuva receberão uma bolsa-auxílio em três parcelas de R$ 150. Só na região do Santo Antônio Além do Carmo, 112 famílias foram cadastradas.

Situação de emergência

A prefeitura de Salvador decretou situação de emergência de 90 dias na cidade no início da noite de quarta-feira, por conta das chuvas que atingem a capital baiana desde o começo desta semana. A decisão foi tomada em uma reunião feita pelo prefeito João Henrique com representantes de órgãos da administração municipal.

Tempo chuvoso

Chove intensamente na capital baiana desde terça-feira (8). Segundo a Agência Climatempo, a previsão é de chuva até domingo (13), mas com alguns períodos de sol. A situação de chuva provoca estragos em imóveis e traz transtornos à rotina dos baianos, que se deparam no trânsito com pontos de alagamento, semáforos quebrados e ruas engarrafadas . A Transalvador chegou a recomendar aos motoristas que evitassem sair de casa.

Na manhã da terça, um deslizamento de terra atingiu o viaduto que liga a Avenida Centenário ao Dique do Tororó. De acordo com a Transalvador, o bloqueio parcial foi feito por medida de segurança, para evitar que a terra atingisse os carros. Ninguém ficou ferido.

Um prédio histórico também desabou perto da Praça Castro Alves, no Centro da cidade, na manhã de terça-feira. O Corpo de Bombeiros informou que o prédio estava em ruínas. Não houve feridos.        

veja também