MENU

Morre 35ª vítima de acidente com três veículos no interior da Bahia

Morre 35ª vítima de acidente com três veículos no interior da Bahia

Atualizado: Segunda-feira, 12 Dezembro de 2011 as 2:20

Morreu no domingo (11), em Pernambuco, um trabalhador ferido no acidente ocorrido na BR-116, no sudoeste da Bahia, no sábado (3). Com a morte, sobe para 35 o total de vítimas da colisão entre uma carreta, um caminhão e um ônibus, de acordo com balanço da Polícia Civil.

Após a tragédia, o rapaz de 24 anos tinha sido transferido do Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié (BA), para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central do Recife, na última segunda-feira (5). De acordo com os médicos, ele respirava com a ajudar de aparelhos, teve politraumatismo e foi preciso que a sua coxa direita fosse amputada. O trabalhador teve morte encefálica, seguida de múltipla falência dos órgaõs.

De acordo com a direção do HR, três sobreviventes seguem internados no hospital, todos homens. Um deles está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com morte encefálica, em estado muito grave. Ele teve trauma na face direta e respira com a ajuda de aparelhos. Outro também apresenta quadro de morte encefálica considerada leve. Um terceiro sobrevivente está com uma fratura de vértebra lombar. A condição dele é estável e permanece consciente. O acidente

A colisão aconteceu no sábado (3) e envolveu um ônibus que transportava trabalhadores do corte de cana, uma carreta carregada com materiais de escritório e um caminhão próximo à cidade de Milagres, sudoeste da Bahia. "Foram 44 vítimas envolvidas no acidente, sendo 35 mortos, todos pernambucanos", explicou a delegada responsável pelo caso, Maria do Socorro Damásio. O acidente ocorreu no km 583 da BR-116, região conhecida como "Serra do 100". De acordo com as informações da PRF de Milagres, o local é uma ladeira. No trecho, a estrada é composta por três pistas, duas utilizadas para subida e uma usada para descida.

Investigações

Os motoristas da carreta e do caminhão foram ouvidos pela delegada responsável pelo caso, Maria do Socorro Damasio. O condutor da carreta deverá ser indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Para a delegada, ao dirigir na contramão, ele assumiu a responsabilidade pelos acidentes que poderiam acontecer. O relatório deve ficar pronto até o dia 15 de janeiro, já que a delegada pediu caráter de urgência.

veja também