MENU

Morre a atriz britânica Lynn Redgrave

Morre a atriz britânica Lynn Redgrave

Atualizado: Segunda-feira, 3 Maio de 2010 as 5:13

No title A atriz britânica Lynn Redgrave faleceu no domingo aos 67 anos em sua residência de Connecticut após uma longa batalha contra um câncer de mama, anunciou nesta segunda-feira seu agente, Rick Miramontez.

Nascida em uma família de atores, irmã da atriz Vanessa Redgrave, que tem 73 anos, Lynn Redgrave começou a carreira teatral em Londres no início dos anos 60, e estreou na Broadway em 1967.

Recebeu vários vários prêmios por suas atuações no cinema e no teatro. Teve duas indicações para o Oscar por seu papel no filme "Georgy, a feiticeira" (1966) e "Deuses e monstros" (1998), pelo qual levou um Globo de Ouro.

Lynn Redgrave morreu três semanas depois que seu irmão, Corin, também um respeitado ator, faleceu aos 70 anos.

"Nossa querida mãe Lynn Rachel faleceu serenamente depois de uma batalha de sete anos contra um câncer de mama", afirmou a família em uma declaração postada no site oficial da atriz.

"Ela viveu, amou e trabalhou como nunca antes. As memórias infindáveis que ela criou como mãe, avó, escritora, atriz e amiga vão nos nutrir pelo resto de nossas vidas", acrescenta o texto.

Seus filhos, Ben, Pema e Annabel, informaram ainda que estava ao lado de Redgrave quando ela morreu.

"Nossa família pede privacidade durante esse período difícil".

Lynn e Corin, junto com sua irma Vanessa Redgrave, 73 anos, faziam parte da terceira geração de uma das mais respeitadas dinastias de atores britânicos, presentes nas telas e nos teatros há mais de 70 décadas.

Lynn Redgrave, filha dos atores Michael Redgrave e Rachel Kempson, também era tia dos astros da tv Joely e Natasha Richardson.

Sua sobrinha Natasha Richardson, que era casada com o ator Liam Neeson, morreu num acidente de esqui no Canadá, no ano passado.

Ela fez sua estreia profissional em 1962 na produção shakespeariana "Sonhos de uma noite de verão" no Royal Court Theatre, antes se unir às mais famosas companhias teatrais britânicas, como o National Theatre, da qual foi membro fundadora.

Em 1967, Redgrave fez sua primeira aparição na Broadway com "Black Comedy." No entanto, ela nunca alcançou a fama mundial como sua irmã mais velha, Vanessa, que também é ativista política de esquerda.

Ela também participou de filmes como "Clube de leitura de Jane Austen" (2007), "The Constant Wife" e "A condessa branca" (ambos em 2005).

veja também