MENU

Morre ex-traficante que denunciou funcionários de presídios em São Luís

Morre ex-traficante que denunciou funcionários de presídios em São Luís

Atualizado: Sexta-feira, 23 Julho de 2010 as 7:23

Foi morto a tiros na última quarta-feira (21), em São Luís (MA), Marco Aurelio Paixão, ex-traficante autor de várias denúncias contra quatro funcionários de presídios da capital. O crime aconteceu uma semana após Marco Aurélio pedir proteção policial e não ser atendido. A viúva do ex-traficante chegou ao cemitério escoltada por seis policiais civis. Agora homens armados protegem a mulher que está no programa de proteção a testemunhas.

Um dos denunciados é o secretário adjunto do sistema prisional do Maranhão, Carlos James Moreira. Há cinco anos o secretário é investigado por receptação de carro roubado, por comandar a distribuição de drogas dentro dos presídios e por torturar presos.

Carlos James Moreira nega todas as acusações. Hoje, a Secretaria de Segurança Pública abriu novo inquérito para apurar as denúncias. Por enquanto, James continua no cargo.

“Eu não posso penalizar ninguém sem nenhum indício mais forte, nenhuma prova. A partir do momento que eu tenho algum indício forte, alguma prova com relação às ações do secretário adjunto as providências serão tomadas”, diz o secretário de segurança pública, Aluísio Mendes.  

veja também