MENU

Morte de detenta causa princípio de tumulto em presídio feminino em MS

Morte de detenta causa princípio de tumulto em presídio feminino em MS

Atualizado: Terça-feira, 18 Outubro de 2011 as 1:39

Uma mulher de 22 anos, detenta do estabelecimento penal feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande, foi encontrada morta em uma das celas de isolamento na manhã desta terça-feira (18). Segundo informações da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), houve um princípio de tumulto das demais internas logo após o corpo ter sido achado.

As presas gritavam e chegaram a queimar tecidos durante a confusão, que segundo a Agepen foi controlada rapidamente.

A detenta encontrada morta cumpria pena por roubo e desde 15 de outubro de 2009 estava no presídio feminino Irma Zorzi. De acordo com a Agepen, ela sofria de transtorno bipolar e, por conta das mudanças de humor, foi levada ao isolamento a pedido das demais internas.

Segundo a Agepen, a suspeita é que a mulher tenha se enforcado usando corda feita com as próprias roupas.    

veja também