MENU

Mostra de SP premia o drama alemão 'Quando partimos'

Mostra de SP premia o drama alemão 'Quando partimos'

Atualizado: Sexta-feira, 5 Novembro de 2010 as 11:59

O drama alemão "Quando partimos", da diretora Feo Aladag, levou o troféu Bandeira Paulista de melhor filme na 34ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que anunciou seus vencedores nesta quinta-feira (4), na Cinemateca. O júri presidido pelo cineasta britânico Alan Parker também concedeu um prêmio especial ao sueco "Beyond", de Pernilla August, e sua protagonista, a atriz Noomi Rapace.

Candidato da Alemanha a uma vaga no Oscar 2011 pela estatueta de "melhor filme estrangeiro", "Quando partimos" conta a história de uma mulher que foge do marido violento em Istambul e volta a viver com sua família, em Berlim. Nesse retorno, ela sofre para se adaptar à vida com os pais.

Outro drama familiar é "Beyond", que fala de uma mulher que tem de reencontrar sua mãe que está à beira da morte. Mãe e filha sempre tiveram um relação conflituosa e esse reencontro é penoso para ambas.  

Das produções nacionais exibidas entre os mais de 400 filmes selecionados pela Mostra, os destaques foram o curta "Pimenta", de Eduardo Mattos, que recebeu dois prêmios da crítica, "Rosa morena", de Carlos Oliveira, alé de "Meninos de Kichute", de Luca Amberg, eleito pelo público da Mostra como o melhor longa nacional.

"É uma felicidade receber esse prêmio, depois de quatro anos tentando concretizar esse filme", comemorou Amberg, cujo filme que fala sobre um garoto que sonha se tornar jogador de futebol nos anos 70, apesar da contrariedade do pai.

Momento emocionante da cerimônia - apresentada por Cris Couto e Serginho Groisman - foi a homenagem da Mostra ao diretor Carlos Reichenbach. Autor de 17 filmes, o cineasta gaúcho de 65 anos recebeu um prêmio especial pelo conjunto de sua obra.

Reichenbach sofre de catarata e citou o filme "Dirigindo no escuro", de Woody Allen, ao agradecer o prêmio. "Estou praticamente ceguinho, com um medo danado de fazer uma operação. Mas essa homenagem agora me encoraja para seguir em frente", garantiu.

Confira a lista das produções premiadas na Mostra:

Os escolhidos do júri

Melhor Filme: "Quando Partimos", de Feo Aladag

Prêmio especial: "Beyond", de Pernilla August

Melhor atriz: Noomi Rapace, por "Beyond", de Pernilla August

Documentário: "Jardim sonoro", de Nicola Bellucci

Prêmio especial: "O samba que mora em mim", de Georgia Guerra-Peixe

Os escolhidos da crítica

Melhor Filme: "Mistérios de Lisboa" (Portugal), de Raoul Ruiz

Prêmio especial: "Carlos" (França/Alemanha), de Olivier Assayas

Os escolhidos do público

Filme nacional: "Meninos de Kichute", de Luca Amberg

Filme internacional: "Balibo", de Robert Connoly

Documentário nacional: "José & Pilar", de Miguel Gonçalves Mendes

Documentário internacional: "Pense global, aja rural", de Coline Serreau

Prêmio da Juventude: "O mágico", de Sylvain Chomet

Prêmio aquisição Canal Brasil para curta-metragem: "Pimenta", de Eduardo Mattos.

Prêmio Itamaraty

Curta: "Pimenta", de Eduardo Mattos

Longa: "Rosa morena", de Carlos Oliveira

Documentário: "Lixo extraordinário", de Lucy Walker, João Jardim, Karen Harley

Prêmio especial: homenagem pelo conjunto da obra ao diretor Carlos Reichenbach

veja também