MENU

Motoristas e cobradores entram em greve em BH

Motoristas e cobradores entram em greve em BH

Atualizado: Segunda-feira, 12 Março de 2012 as 8:47

Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Belo Horizonte e Região Metropolitana vão estar em greve a partir desta segunda-feira (12). A previsão é que somente 30% da frota de ônibus circule, obedecendo a escala mínima exigida por lei.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH), as principais reivindicações da classe são reajuste salarial de 49%, jornada de trabalho de seis horas, instalação de banheiros femininos nos pontos finais e manutenção dos cobradores nos ônibus. Além disso, a categoria também pede a participação nos lucros e resultados (PLR) e aumento no auxílio alimentação. No dia 28 de fevereiro, a categoria já havia entrado em estado de greve, indicando que a paralisação poderia começar a qualquer momento.

Negociação

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano (Sintram), nesta semana, foi apresentada proposta de reajuste salarial de 13% mais participação nos lucros para cobradores e motoristas, além de reajuste de 9% para empregados da área administrativa. Segundo a entidade, o acordo entre patrões e rodoviários não foi firmado. Já o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) ofereceu rejuste de 13% condicionado ao aumento da carga horária diária de seis horas e 40 minutos para sete horas. Por meio da assessoria de imprensa, a entidade informou que está surpresa com o decreto de greve, mas que continua aberta às negociações.

Neste domingo (11), a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) informou que ainda não recebeu comunicado formal dos sindicatos patronal e dos trabalhadores sobre a greve dos rodoviários. A BHtrans disse ainda que acompanha a movimentação e que já montou um plano de contingência com uma série de operações especiais de trânsito.

veja também