MENU

Motoristas recebem documentos de veículos em nome de outras pessoas

Motoristas recebem documentos de veículos em nome de outras pessoas

Atualizado: Terça-feira, 5 Julho de 2011 as 12:48

Mais de 160 moradores de Guarulhos, na Grande São Paulo, receberam o documento de seus veículos no nome de outras pessoas. Segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a culpa foi dos Correios, que agora trabalha para desfazer a confusão.

A assistente financeira Daniele Diogo foi uma das surpreendidas com o documento errado. Precavida, ela pagou em junho o licenciamento, que só vence em setembro, e também uma taxa de R$ 11 para receber em casa.

Ao abrir o envelope, levou um susto. “Para minha surpresa, ele veio com o nome de outra pessoa. No envelope, era meu nome, tudo certinho, CEP, tudo constando. Só que o conteúdo veio errado, no nome de uma outra pessoa que eu nem conheço.”

Ela procurou por conta própria a dona do documento recebido, a consultora de RH Denize Maria Pellegrini. Ao encontrá-la, descobriu que Denize também estava com o licenciamento de outra pessoa. O problema é que o carro da consultora já estava com o licenciamento vencido e não podia sair da garagem. Ela tentou resolver o problema pelo telefone, ligando para o Detran, mas não recebeu informações satisfatórias.

O departamento de trânsito diz que a falha foi dos Correios, empresa responsável por envelopar e enviar os documentos às casas dos motoristas. O erro ocorreu na hora de colocar 168 certificados de Guarulhos nos envelopes.

Os Correios informaram que trabalham para desfazer a confusão. Carteiros recolhem os documentos trocados e entregam os novos certificados de registro de licenciamento de veículos aos destinatários corretos.

O Detran informou que esse problema ocorreu só em Guarulhos. Disse ainda que os motoristas podem ficar tranquilos quanto à segurança, porque o lote dos documentos trocados foi bloqueado e novos documentos foram impressos, com outra numeração para evitar fraudes. Os correios disseram que já estão fazendo a troca na casa das pessoas e que até na quarta-feira (6) tudo deve estar regularizado.            

veja também