MENU

Movimento ainda é tranquilo nas estradas de saída do Rio

Movimento ainda é tranquilo nas estradas de saída do Rio

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 11:11

O movimento ainda é tranquilo no início da manhã desta quarta-feira (2), na Rodovia Washington Luiz, acesso às cidades da Região Serrana e para o estado de Minas Gerais. A expectativa é de que o trânsito aumento ao longo do dia.

Por isso a concessionária que administra a via montou um esquema especial para facilitar o acesso. A concessionária pede atenção especial para os trechos onde são realizadas obras, como o Km 103,9, na serra, onde o tráfego segue num esquema pare e siga. O mesmo acontece entre os Km s 92 e 93, onde são realizadas obras de manutenção do pavimento. Até a segunda-feira (7), a expectativa é de que 140 mil veículos passem pela rodovia.

Por causa do feriado de Corpus Christi, o movimento nas estradas de acesso à Região dos Lagos deve ficar intenso a partir da tarde desta quarta-feira (2). A Via Lagos, que administra a rodovia RJ-124, uma das principais vias de acesso à região, espera que 92 mil veículos passem pela praça do pedágio, entre esta quarta-feira e domingo (6).

Só para esta quarta-feira, a expectativa é de que 16 mil veículos passem pela rodovia. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazem operações com radar móvel para coibir o excesso de velocidade nas estradas.

Na BR-101, o policiamento também está reforçado. A concessionária que administra a rodovia interrompeu as obras realizadas na estrada para evitar congestionamentos entre as divisas do estado do Espírito Santo e no município de São Gonçalo, na Região Metropolitana.

Às 14h começa o esquema especial da PRF nos 1,6 mil quilômetros de rodovias federais que cortam o estado. Estarão de plantão 800 agentes que pedem atenção especial dos motoristas que seguem para a Região Serrana, devido à possibilidade de chuvas e neblina.

Rio-Santos monitorada e pode fechar

A PRF também vai monitorar a Rodovia Rio-Santos. Caso as chuvas se intensifiquem há a possibilidade de fechamento da via. A previsão é de que até domingo cerca de dez mil veículos passem por ela diariamente. Em menos de um mês foram realizadas quatro explosões para detonar pedras que ameaçavam rolar das encostas. Há cinco pontos da rodovia com o tráfego em meia pista no trecho entre Angra dos Reis e Parati.

Na Via Dutra, o movimento ainda é pequeno. A expectativa é de que circulem pela via 150 mil veículos neste feriadão, em direção ao Sul Fluminense e São Paulo. Três pontos da rodovia exigem atenção redobrada dos motoristas: em Pinheiral, em Piraí e em Porto Real, onde são realizadas obras de ampliação da rodovia.

veja também