MENU

MP abre inquérito para saber quantas ruas de SP estão fechadas

MP abre inquérito para saber quantas ruas de SP estão fechadas

Atualizado: Quinta-feira, 24 Junho de 2010 as 8:52

O Ministério Público estadual abriu nesta quarta-feira (23) um inquérito para saber quantas ruas estão fechadas de forma irregular na capital. São espaços públicos transformados em propriedade particular. A reportagem do SPTV esteve em alguns endereços e encontrou até grades nas calçada.

A Rua Oagy Kalile, na Vila Andrade, na Zona Sul da capital, por exemplo, é pública, como toda rua, mas para entrar nela é preciso parar em uma guarita com câmera e segurança. O acesso da reportagem do SPTV foi liberado, mas lá dentro foi acompanhada por um carro da empresa de vigilância.

Um morador conta que as cancelas não impedem o acesso de qualquer pessoa e foram apenas instaladas para diminuir os roubos. Ele diz que o condomínio entrou com um processo pedindo permissão da Prefeitura, mas ainda não obteve autorização.

“Está tudo correto, já veio bombeiro, Correio, tudo o que a Prefeitura pediu está feito”, diz o médico Claudio Zabeu.

Em uma outra rua do Morumbi, os moradores não ergueram apenas uma guarita. Fecharam completamente o acesso, inclusive com grades que impedem a passagem de pedestres. O mais grave é que lá dentro há uma praça, que agora é de uso exclusivo dos moradores.

Quando a reportagem do SPTV chegou de carro, a recepção não foi das melhores pelo segurança que pediu para não ser identificado. “Não (pode entrar), negativo. Só com autorização dos moradores. Se conhece algum morador, entra. Se não...”, disse o segurança.

O Ministério Público instaurou nesta quarta um inquérito para investigar as ruas fechadas irregularmente na capital. E vai pedir à Prefeitura uma análise de todas as ruas bloqueadas. O promotor José Carlos Freitas diz que uma lei aprovada no ano passado e regulamentada este mês determina que a construção de cancelas tem de ser aprovada pela subprefeitura, pela Procuradoria e pela CET. "Todo fechamento de uma rua depende de uma análise", disse Freitas.

A subprefeitura do Campo Limpo, na Zona Sul de São Paulo, informou que está analisando o pedido de instalação de guaritas na Rua Oagy Kalile, na Vila Andrade. Já a subprefeitura do Butantã, na Zona Oeste de São Paulo, disse que vai fazer nesta quinta-feira (24) uma vistoria nas Ruas Tanhaçu e Janaúba, no Morumbi. E que os moradores terão cinco dias para reabrir a passagem.

Postado por: Cristiano Bitencourt

veja também