MENU

MP apresenta ação pública contra suspeitos de facilitar jogo do bicho

MP apresenta ação pública contra suspeitos de facilitar jogo do bicho

Atualizado: Sexta-feira, 27 Maio de 2011 as 12:34

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) apresentou ação pública contra três policiais e um servidor público do município de Faxinal (PR), na quinta-feira (26). Eles são suspeitos de improbidade administrativa, por facilitar a ação do jogo do bicho.

O ex-delegado João Batista Pinto, o ex-investigador da Polícia Civil Flávio Marcon Marins, o servidor público Lucínio de Almeida e o sargento da Polícia Militar José Carlos Pereira foram presos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em fevereiro de 2011, suspeitos de receberem propina para liberar a ação de bicheiros em Faxinal e região. Na época, eles já haviam sido acionados criminalmente, e agora também poderão ser responsabilizados na esfera cível.

A improbidade adminisitrativa é o ato ilegal, cometido por agente público, durante o exercício de função pública ou decorrente dela. A condenação pode acarretar na perda da função pública, sanção de multas e devolução do dinheiro recebido indevidamente ao erário.        

veja também