MENU

MP denuncia 2 homens por agressão após acidente na Ponte Rio-Niterói

MP denuncia 2 homens por agressão após acidente na Ponte Rio-Niterói

Atualizado: Terça-feira, 25 Outubro de 2011 as 9:30

Dois homens que teriam espancado um motorista após um acidente entre dois carros na Ponte Rio-Niterói, em maio deste ano, foram denunciados pelo Ministério Público do Rio por lesão corporal grave, que tem pena de 5 anos de detenção. Segundo a denúncia do promotor Cláudio Calo, da 4ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal de Niterói, os suspeitos perseguiram a vítima até o Centro de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, e a agrediram com socos e chutes, inclusive depois de ela ter caído no chão.

As agressões foram comprovadas por laudo pericial e por fotos feitas por uma testemunha que passava no local, no momento do espancamento. Na denúncia, o promotor diz que o crime ocorreu por “motivação fútil, pois os denunciados agrediram gravemente a vítima após a ocorrência de uma pueril discussão relacionada a uma colisão de veículos”.

O promotor lembra ainda que, devido às agressões, “a vítima ficou incapacitada para exercer suas ocupações habituais por mais de 30 dias, submetendo-se a tratamento psicológico, diante do trauma, depressão e síndrome do pânico, conforme evidenciado nos documentos médicos anexados aos autos”.

Cláudio Calo também encaminhou representação à Corregedoria Geral Unificada (CGU), à Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol) e à Corregedoria Geral da Polícia Militar para ciência e possível instauração de procedimentos administrativos disciplinares. A medida deve-se ao fato de não ter havido instauração de inquérito policial e de a vítima ter apontado parcialidade dos policiais militares e dos policiais civis da 76ª DP (Niterói), onde o caso foi registrado.      

veja também