MENU

MP pede absolvição de 4 acusados de matar ladrões queimados em MT

MP pede absolvição de 4 acusados de matar ladrões queimados em MT

Atualizado: Segunda-feira, 10 Outubro de 2011 as 4:03

A promotora de Justiça da Comarca de Matupá, a 696 quilômetros de Cuiabá, Daniele Crema da Rocha, pediu a absolvição de quatro dos cinco réus que estão sendo julgados nesta segunda-feira (10) por participação na morte de três assaltantes, ocorrida há mais de 20 anos na cidade. Ela considera não haver prova de que eles tenham envolvimento no crime. Ela solicitou a condenação de apenas um homem acusado de assistir a morte das vítimas queimadas vivas em praça pública e estimular a violência.   Para a promotora, as testemunhas foram coagidas pelos acusados a mudarem as versões sobre o crime. No segundo julgamento do caso conhecido como "Chacina de Matupá", os acusados alegaram inocência ao Tribunal do Júri, presidido pelo juiz Tiago Souza Nogueira de Abreu. A sessão de hoje teve início às 8h. A primeira das quatro sessões, realizada na última quarta-feira (5), demorou mais de 20 horas para ser concluída. Os advogados dos acusados solicitaram e o juiz concedeu que a ampliação de uma hora e meia para três horas o tempo de explanação da defesa.

Próximos julgamentos

Nos outros dois julgamentos, agendados para os próximos dias 17 e 24, vão à júri mais oito acusados da morte de Ivacir Garcia dos Santos de 31 anos, Arci Garcia dos Santos, de 28, e Osvaldo José Bachinan, de 32. Eles foram linchados em novembro de 1990 após invadirem uma residência e manter duas mulheres reféns por mais de 10 horas. Uma funcionária da casa, porém, conseguiu escapar e acionou a Polícia Militar, que após longa negociação convenceu os assaltantes a se entregarem. Na saída, foram abordados por populares e, em seguida, espancados e queimados.          

veja também