MENU

MPE investiga ação de contadores que falsicavam documentos em MS

MPE investiga ação de contadores que falsicavam documentos em MS

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2011 as 11:42

O Grupo Armado de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MPE), apreendeu documentos em escritórios de contabilidade de Campo Grande na Operação Corsário, que investiga uma quadrilha que se apoderava dos bens de empresas desativadas há anos. A ação foi deflagrada nesta quinta-feira (7) e cumpriu sete mandados de busca e apreensão.

Segundo o MPE, a investigação começou em fevereiro. O grupo, formado principalmente por contadores, falsificava selos, carimbos, chancelas e firmas de cartórios extrajudiciais e da Junta Comercial do Estado.

O objetivo, segundo o ministério, era reativar empresas que se encontram em atividades paralisadas há vários anos, através de falsificações de selos públicos e firmas, e utilizá-las, principalmente, para venderem as cotas e se apoderarem de bens. Uma das vítimas dos falsificadores perdeu dois imóveis, que hoje encontram-se em nome de um dos integrantes do grupo.        

veja também