MENU

MPE-MT denuncia mulher suspeita de matar avô de jogador do Flamengo

MPE-MT denuncia mulher suspeita de matar avô de jogador do Flamengo

Atualizado: Sexta-feira, 6 Janeiro de 2012 as 8:44

A mulher suspeita de matar no interior de Mato Grosso o aposentado Cirilo Alves da Mota, de 87 anos, avô do volante do Flamengo, Michel Lorran, foi denunciada por latrocínio - roubo seguido de morte - pelo Ministério Público Estadual. O promotor criminal Wudson Luiz Franco disse ao G1 que ela pode pegar de 20 a 30 anos de prisão caso seja condenada pela Justiça devido ao agravante de ter matado um idoso. Ele explicou que, com base no inquérito policial, foi possível concluir que o crime foi de latrocínio. Isso porque, um dia antes do crime ela teria roubado um cartão do idoso. O corpo do aposentado de 87 anos foi encontrado com marcas de estrangulamento dentro da casa dele, em Barra do Garças, a 516 km da capital Cuiabá. O corpo foi achado dentro do quarto pelo filho da vítima, Cleomar Araújo da Mota, que é pai do jogador Lorran. Segundo Cleomar, o aposentado acompanhava quase todos os jogos do Flamengo, time do coração, e foi sepultado com a camisa do rubro-negro carioca.

Cleomar confirmou ao G1 que a mulher suspeita teria furtado um cartão de aposentadoria do idoso um dia antes do crime, e que ela foi vista por vizinhos saindo da casa da vítima no dia do assassinato. “É um absurdo pensar que uma mulher fez um crime desse. A família ficou chocada”, comentou o filho da vítima.

Ao ser presa, a mulher confessou, em depoimento, ter roubado e estrangulado o aposentado até a morte. O marido dela também chegou a ser preso por suspeita de ter colaborado com o crime, mas ele negou qualquer participação. O marido está solto e não foi indiciado pelo crime. O Ministério Público também pediu a conversão da atual prisão temporária em preventiva.

veja também