MENU

Mulher baleada pelo ex-marido e amiga seguem internadas em MG

Mulher baleada pelo ex-marido e amiga seguem internadas em MG

Atualizado: Segunda-feira, 25 Abril de 2011 as 4:16

Seguem internadas nesta segunda-feira (25) no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), em Uberaba, em Minas Gerais, as duas mulheres baleadas por um homem de 36 anos que matou a filha de cinco e depois se suicidou no sábado (23).

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, a ex-mulher do suicida, de 24 anos, está internada no pronto-socorro, sob cuidados intensivos. O quadro dela é grave, mas estável e requer cuidados. Segundo o hospital, a paciente está consciente e respira sem ajuda de aparelhos. Um dos ferimentos foi no abdômen e foi preciso fazer uma cirurgia.

A amiga dela, de 35 anos, que estava na casa na hora do atentado, também foi baleada. Ela está na enfermaria do mesmo hospital e o estado de saúde é estável e também requer cuidados. Ela teve fratura na mandíbula e ferimento no tórax, mas está consciente e respira sem a ajuda de aparelhos. Não há previsão de alta para ambas.

A Polícia Militar (PM) acredita que os crimes tenham motivação passional e, segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o homem era agente penitenciário há cinco anos.

Após o dia de trabalho, ele teria ido à casa da ex-mulher. Para se proteger, ela chegou a se trancar no banheiro, mas, mesmo com a porta fechada, o suspeito atirou várias vezes e atingiu a mulher. A amiga dela teria tentado fugir com a menina de cinco anos, mas foram feridas.

Conforme a assessoria de imprensa do hospital, a garota chegou a ser atendida, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do suspeito, de acordo com a PM, foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML).      

veja também