MENU

Mulher é quem lançaria celular por arco e flecha em presídio, diz detido

Mulher é quem lançaria celular por arco e flecha em presídio, diz detido

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 10:08

A polícia de Presidente Venceslau, a 611 km de São Paulo, procura uma mulher suspeita de fazer parte de um grupo que arremessaria celulares por arco e flecha para dentro da Penitenciária 2 neste domingo (23). Segundo a polícia, o homem detido em flagrante afirmou em depoimento que seria ela quem lançaria os aparelhos de telefone.

Outros dois homens que faziam parte do grupo também estão desaparecidos. O carro em que o detido foi encontrado está no nome de um deles.

Neste domingo, dois policiais que faziam patrulhamento de rotina no entorno da penitenciária suspeitaram de um rapaz que estava em um carro próximo ao local com seis celulares amarrados com fita crepe às flechas. Ele foi detido em flagrante.     No carro estava a bolsa de uma mulher que, segundo o detido, iria lançar os celulares para dentro do presídio. A polícia realizou buscas, mas não conseguiu localizá-la.

O suspeito foi autuado por formação de quadrilha e pode ser condenado a três anos de prisão. Ele está na cadeia pública de Presidente Venceslau e será transferido para o Centro de Detenção Provisória de Caiuá, também no interior de São Paulo, ainda nesta segunda-feira (24).    

veja também