MENU

Mulher filmada agredindo cães diz que apenas 'conversava'

Mulher filmada agredindo cães diz que apenas 'conversava'

Atualizado: Terça-feira, 17 Abril de 2012 as 10:17

A mulher que foi flagrada em um vídeo postado na internet agredindo cachorros em uma casa no bairro de Pau da Lima, em Salvador, foi à polícia na segunda-feira e declarou que não batia nos animais, mas sim conversava com eles. Janira Francisco Santana esteve na 10ª DP acompanhada de seu advogado e prestou depoimento ao delegado Sérgio Habib.

Segundo o delegado, nem mesmo quando foi confrontada com as provas em vídeo, que mostram os cachorros gritando diante das agressões sofridas, ela admitiu o crime de maus tratos. Grávida de 4 meses, Janira foi liberada depois de prestar o depoimento. A acusada de agressão assinou um termo circunstanciado, previsto para crimes de menor gravidade, e o inquérito de apuração do fato pode levá-la a um processo que tem pena prevista entre 3 meses e um ano de prisão.

Os cães estão sob a tutela de uma ONG de defesa dos animais desde a semana passada, quando a Justiça ordenou o recolhimento dos cachorros, que foram levados a um veterinário e devem ser doados.

Janira foi filmada por uma vizinha há cerca de duas semanas enquanto agredia animais dentro de casa. Os moradores da rua relataram que os abusos aconteciam normalmente. No imóvel havia três cães: dois vira-latas e um poodle. Depois que o vídeo foi divulgado pela internet e gerou revolta, a Justiça determinou a apreensão dos cachorros. Antes de oficiais de Justiça receberem autorização para arrombar o imóvel, um homem que seria o companheiro da agressora entrou no local e levou embora o poodle, mas deixou os vira-latas em casa.

veja também