MENU

Mulher que ficou 3 dias em poço diz que fugia de bêbado

Mulher que ficou 3 dias em poço diz que fugia de bêbado

Atualizado: Segunda-feira, 26 Setembro de 2011 as 1:29

Indígena resgatada de poço foi levada a hospital

em Amambai (Foto: Robson Fritzen/A Gazetanews)

  A indígena de 30 anos que foi resgatada de um poço no sábado (24) em uma aldeia de Amambai, a 342 quilômetros de Campo Grande, deve receber alta do hospital nesta segunda-feira (26). Ela ficou internada após permanecer três dias em um buraco com 15 metros de profundidade, onde havia caído com o filho de 1 ano e 9 meses. A criança não resistiu à queda e morreu.

De acordo com o capitão da aldeia, Rubens Aquino, a mulher disse que fugia de um homem bêbado e correu em direção a uma área de matagal quando sofreu a queda. O poço servia à comunidade para a retirada de água potável, mas deixou de ser utilizado quando a aldeia recebeu encanamento.

Populares socorreram a mulher, mas os bombeiros foram chamados para retirar do poço o corpo da criança. A notícia chocou os indígenas da etnia guarani-kaiowá que moram na aldeia. "Todos nós ficamos tristes, principalmente com a morte da criança. Se a gente não encontrasse a mulher, podia ser pior", contou Rubens.      

veja também