MENU

Mulher que teria matado outra por ter dado o dedo vai a julgamento

Mulher que teria matado outra por ter dado o dedo vai a julgamento

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 8:40

O Tribunal de Júri da Ceilândia julga nesta quarta-feira (11) Viviane Ribeiro Veras, acusada pelo Ministério Público de homicídio qualificado por motivo fútil. Segundo o processo, Viviane teria matado Luana Genuíno Nunes com um tiro na cabeça, em junho do ano passado.

O crime aconteceu durante uma festa realizada na prefeitura comunitária do setor P Sul da Ceilândia. Segundo uma testemunha, Luana teria dado o dedo médio a alguns participantes da festa. Após o episódio, Viviane teria se aproximado do carro da vítima e, depois de falar rapidamente, atirado.

No depoimento, Viviane assumiu o tiro, mas alegou que teria ido ao carro apenas para discutir o gesto e que disparo foi acidental – ela teria sacado a arma ao notar a aproximação de amigos da vítima. O julgamento está marcado para 8h30. Se for considerada culpada, Viviane pode ser condenada a até 30 anos de prisão.      

veja também