MENU

Mulher suspeita de queimar mão do filho com garfo é liberada

Mulher suspeita de queimar mão do filho com garfo é liberada

Atualizado: Quarta-feira, 31 Agosto de 2011 as 1:02

A mulher suspeita de queimar a mão do filho com um garfo quente na cidade de Itabuna, sul da Bahia, foi liberada na terça-feira (30) após ficar detida no presídio da cidade desde o dia 24 de agosto.

De acordo com a polícia, a mulher de 30 anos teria queimado a mão do filho de oito anos como forma de castigo depois que a criança abriu e comeu um pacote de beiju (produto derivado da mandioca) em um mercado da cidade. Segundo informações do presídio de Itabuna, o advogado de defesa entrou com o pedido de relaxamento da prisão. O pedido foi concedido pela 1º Vara Crime da cidade.   Segundo o advogado Tiago Leal, a mãe agiu dessa forma por conta das reclamações de donos de comércios de Itabuna que já haviam apontado outros casos de furto da criança.

“Foi uma medida desesperada de uma mãe que preferiu punir o seu filho a vê-lo punido pela polícia, ou pelo crime, no futuro”, disse o advogado ao G1 .

A mãe do menino responderá em liberdade pelo crime de tortura, que pode variar entre dois e oito anos de prisão.

veja também