MENU

Mulheres mortas a facadas em Ibiúna, SP, são enterradas

Mulheres mortas a facadas em Ibiúna, SP, são enterradas

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 4:08

Vítimas foram encontradas em uma chácara em

Ibiúna (Foto: Reprodução/ TV Tem) As duas empresárias mortas a facadas em um condomínio de chácaras em Ibiúna, no interior de São Paulo, na noite de sábado (29), foram enterradas nesta segunda-feira (31). Um suspeito do crime foi preso neste domingo (30), na Rodoviária de Iguape. O homem preso, de 32 anos, tentava comprar uma passagem para São Paulo. Como não tinha dinheiro suficiente, começou a brigar com a atendente e chamou a atenção da polícia. Ele foi preso e acabou confessando ter matado as duas mulheres.

Ignes Barbosa de Oliveira tinha 82 anos e a filha, Sônia Regina Antunes de Oliveira, tinha 59 anos. Elas estavam em uma casa, de propriedade da família, no bairro Lageadinho. Uma vizinha que foi à casa para parabenizar Sônia, que fazia aniversário neste domingo, encontrou os corpos na sala. As vítimas foram esfaqueadas na região do pescoço. A casa ficou revirada e o agressor fugiu, levando um carro de cor vermelha das empresárias.

O carro das vítimas, que foi usado para a fuga do criminoso, foi encontrado em Piedade, a 99 km da capital paulista. O veículo foi encaminhado para perícia. Segundo a polícia, havia muito sangue no interior do carro.

De acordo com a polícia, mãe e filha são moradoras do bairro Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, e passam os finais de semana nessa casa de campo, num condomínio considerado de alto padrão pela PM. A polícia investiga a razão dos assassinatos.          

veja também