MENU

Mulheres são maioria entre brasileiros que vão votar no exterior

Mulheres são maioria entre brasileiros que vão votar no exterior

Atualizado: Terça-feira, 20 Julho de 2010 as 11:14

A menos de três meses das eleições, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) organiza as seções de votação destinadas aos brasileiros que estão no exterior. O pleito vale exclusivamente para a escolha do presidente da República. Pelo último levantamento, referente a junho, serão 200.394 eleitores aptos. A cidade de Nova York, nos Estados Unidos, é a campeã no número de cadastros de eleitores brasileiros: registrou 21.076, no total.

Houve um aumento de 130% no número de eleitores em comparação às eleições de 2006. Haverá votação em 126 cidades em vários países. Há quatro anos, 86.359 brasileiros estavam aptos paras as votações. No exterior, o maior número de eleitores está nos Estados Unidos, em Portugal, na Inglaterra, no Japão e na Suíça.

Em outros locais os registros ficaram em torno de 5 mil eleitores por cidade, como Boston, Houston e Miami, nos Estados Unidos; Londres, na Inglaterra; Lisboa e Porto, em Portugal; Milão, na Itália; Nagoia, no Japão, além de Zurique, na Suíça. A maioria dos eleitores é formada por mulheres com curso superior e médio completos. Os homens são minoria entre os cadastrados.

Pelo perfil apresentado na estatística do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Distrito Federal, a maioria dos eleitores que se cadastrou tem de 26 a 55 anos. A organização das eleições presidenciais no exterior é um trabalho conjunto da Divisão de Assistência Consular do MRE, das repartições diplomáticas e consulares brasileiras no exterior e da Zona Eleitoral Exterior, vinculada ao TRE do DF.

No total, de acordo com as informações desses órgãos, serão 119 repartições consulares brasileiras no exterior envolvidas nas eleições presidenciais deste ano, em 126 cidades. Em 2006, o total de brasileiros que efetivamente votaram foi de 41.388. Na ocasião, foi registrada 51,2% de abstenção – taxa considerada elevada em comparação aos dados dos eleitores no Brasil que foram de 17,8%.

Além disso, será a primeira vez que brasileiros que estão em trânsito no exterior poderão votar. A medida vale apenas para presidente da República e vice-presidente. Os interessados terão de cadastrar o pedido até 15 de agosto. O registro poderá ser feito em qualquer cartório eleitoral do país e só será admitido para os eleitores que estiverem em dia com as obrigações eleitorais.

veja também