MENU

Mutirão quer realizar 100 mil exames gratuitos de Aids em SP

Mutirão quer realizar 100 mil exames gratuitos de Aids em SP

Atualizado: Quinta-feira, 24 Novembro de 2011 as 1:03

A Secretaria de Estado da Saúde pretende realizar 100 mil testes gratuitos de HIV em São Paulo a partir desta quinta-feira (24). A campanha “Fique Sabendo” vai até o dia 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids. Segundo a secretaria,  a detecção precoce do vírus pode ajudar no tratamento.

Em todo o estado, 500 municípios aderiram à campanha, disponibilizando o teste e as orientações em suas redes de saúde. Dois tipos de teste serão realizados na campanha: o convencional - em que o resultado sai em 15 dias - e o rápido - que fica pronto em cerca de 30 minutos. Ao todo, 40 mil profissionais de saúde estarão envolvidos na campanha.

No estado de São Paulo, nove pessoas morrem por mês em decorrência da Aids e metade por causa do diagnóstico tardio. Em toda a Grande São Paulo, são 84 locais para exame. Na capital, são 27 Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA), divididos entre as regiões. Veja a lista completa dos CTAs em todo o estado.

Também é possível fazer os testes de sífilis e hepatites B e C.

Camisinha em balada

O Hospital Emílio Ribas distribuirá, a partir desta quinta, 60 mil camisinhas e cartazes de prevenção em banheiros de casas noturnas. A ação “Aids: ela não perde uma balada” ocorrerá em 13 casas da capital paulista nas noites dos dias 24, 25 e 26 de novembro e 1º, 2 e 3 de dezembro.

A abordagem nas baladas será feita por modelos - homens e mulheres - que deverão promover a ideia de que a Aids não está relacionada a beleza, aparência física e aspecto saudável. Além disso, serão enviados 200 mil torpedos de celulares sobre prevenção.

veja também