MENU

Na TV, Serra promete remédio pelos Correios e ProUni do ensino técnico

Na TV, Serra promete remédio pelos Correios e ProUni do ensino técnico

Atualizado: Sexta-feira, 25 Junho de 2010 as 9:59

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, José Serra, foi o principal personagem da propaganda nacional do PTB, veiculada na noite desta quinta-feira (24) em cadeia nacional de rádio e televisão. O PTB decidiu, em convenção nacional, apoiar o candidato tucano à Presidência. Serra prometeu distribuir pelos Correios medicamentos para pacientes crônicos e criar um Programa Universidade para Todos (ProUni) do ensino técnico.

''Temos de voltar os mutirões, o remédio de graça. Tínhamos o programa Dose Certa, com 80 medicamentos gratuitos para todo mundo do Brasil. Para doentes crônicos, vamos mandar o remédio por correio para casa, o que é mais barato'', afirmou o presidenciável. As falas de Serra utilizadas no programa foram retiradas do discurso feito durante a convenção do PTB.

Ele defendeu investimentos em educação. ''Vamos criar um milhão de vagas no país, de cursos de um ano e meio que dão um futuro para o nosso jovem. Vamos treinar todos os trabalhadores em cursos mais curtos. Vamos dar uma bolsa para que eles tenham um curso. Vamos fazer isso massivamente em todo o país. Vamos criar também o ProUni do ensino técnico. O Protec do Brasil. Vamos dar bolsa para que o aluno em determinada região possa ir para uma escola particular de ensino técnico com bolsa do governo'', disse.

Durante os dez minutos de programa, o currículo de Serra foi apresentado, com base em fotografias que mostraram o tucano durante o período da ditadura militar, no Congresso Nacional e como ministro da Saúde. O apresentador do programa atribuiu a Serra a criação do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que deu origem ao Seguro Desemprego.

''O Fundo de Amparo ao Trabalhador é o principal, depois do Fundo de Garantia. Abono salarial, este abono também vem do Fundo de Amparo ao Trabalhador que eu criei na Constituinte'', afirmou Serra durante a convenção do PTB.

O programa nacional do PTB também serviu para destacar outras promessas de Serra, caso vença a eleição, como a criação do Ministério da Segurança. Ao final, o presidente nacional do PTB, o ex-deputado federal Roberto Jefferson, que é réu no processo do mensalão, afirmou que a decisão de apoiar o tucano partiu inicialmente da Juventude do PTB.

''A candidatura Serra ganhou a convenção do PTB pois sinalizou o sonho da juventude. O Serra no momento da ditadura militar, como presidente da UNE [União Nacional dos Estudantes], enfrentou pela via legal a ditadura militar e por isso foi punido, foi morar como exilado no exterior. O Serra é a síntese dos valores que queremos. O Serra é o candidato dos valores em que cremos, dos valores que conquistamos. Por ele, empenhamos nossa alma e nossa própria vida'', declarou.

veja também