MENU

Na Zona Leste motoristas de ônibus fazem greve por salários atrasados

Na Zona Leste motoristas de ônibus fazem greve por salários atrasados

Atualizado: Sexta-feira, 11 Outubro de 2013 as 6

greve de onibus
Motoristas e cobradores da empresa de ônibus Itaquera-Brasil, antiga Novo Horizonte, não saíram da garagem na Cidade Tiradentes, na Zona Leste de São Paulo, nesta sexta-feira (11), para protestar pelo pagamento de salários e horas extras. Pelo menos 24 linhas, com 220 ônibus, estão prejudicadas e 150 mil pessoas, afetadas.
 
Os ônibus do Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) foram acionados para substituir os veículos paralisados. Nesta manhã, 119 ônibus de outras empresas atendem metade das linhas paralisadas.
 
O Bom Dia São Paulo informou que funcionários grevistas tentam convencer motoristas do Paese a não circular e a reportagem encontrou ônibus do plano de atendimento emergencial com pneus furados na região. Funcionários reclamam do plano de saúde cortado, da falta da entrega de cesta básica há dois meses. Segundo eles, a empresa não paga horas extras há três meses.
 
Por volta das 6h30, os funcionários da Itaquera-Brasil iniciaram um protesto em frente à garagem na Estrada Santo Inácio.  Os pontos de ônibus da Zona Leste estavam lotados nesse horário.
 
Em abril, os funcionários da empresa cruzaram os braços. Eles disseram que a empresa não tinha efetuado o pagamento de horas extras nem da participação nos lucros. Ainda segundo motoristas e cobradores, a empresa descontava uma taxa pelo plano de saúde, mas havia cancelado o convênio. Na época, o presidente da empresa, Vilson Pereira, afirmou que o valor repassado pela Prefeitura à viação era insuficente.
 
Após a paralisação de abril, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou que estudava a criação de uma companhia municipal de transportes que poderá atuar quando greves atingirem as empresas de ônibus que já operam na capital ou quando essas viações tiverem a qualidade do serviço reprovada.
 
Zona Oeste
A Viação Transpass, na Zona Oeste de São Paulo, também teve problemas. O Paese também foi acionado, mas os funcionários da empresa voltaram ao trabalho e a situação foi normalizada.
 

veja também