MENU

'Não busco rede de proteção', diz Grazi em sua estreia no cinema

'Não busco rede de proteção', diz Grazi em sua estreia no cinema

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 12:09

Grazi Massafera não gosta de correr riscos. Quando estreou em novelas, foi mocinha do autor Manoel Carlos no horário nobre e fazia par romântico com o galã Thiago Lacerda. Agora, naquele que considera seu primeiro filme, a comédia "Billi pig", a atriz vai contracenar com Selton Mello – um dos atores de maior prestígio do cinema nacional e cineasta em ascensão – e será dirigida por José Eduardo Belmonte, conhecido tanto por trabalhos experimentais como "A concepção" (2007), quanto pop, caso de "Se nada mais der certo" (2008).

"Não posso dizer que busco uma rede de proteção nos meus trabalhos. Eu gosto é de aprender e nada melhor do que se cercar de pessoas boas naquilo que fazem", explicou a atriz em entrevista para anunciar o filme nesta quinta-feira (28), em Florianópolis. "Tenho a sorte de ser escolhida e também poder escolher", completa Grazi, que hoje, aos 28 anos, se mostra uma mulher mais segura e sofisticada do que a mocinha caipira que buscava a fama no reality show "Big Brother Brasil" em 2005.

Maridalva, a protagonista de "Billi pig", guarda certas semelhanças com a atriz, embora ela discorde. No roteiro de Ronaldo D’ Oxum, Grazi será uma moça do subúrbio carioca que sonha ser uma atriz famosa. "Toda menina um dia quis ser uma atriz, aparecer na TV. Isso não aconteceu só comigo", explica. "O que falta para a Maridalva é aquela coisinha que faz toda a diferença na vida: sorte. E isso graças a Deus eu tenho".

Para realizar o sonho da esposa, o trambiqueiro Wanderley (Selton) aplica todo tipo de golpe. "Nesse sentido, o filme é mais que uma comédia: é uma história de amor", opina Selton, que é só elogios à colega. "A Grazi é dedicada, gosta de aprender".

Porquinho

Grazi diz que "Billi pig" marca sua estreia no cinema - pelo menos é assim que ela considera. Em 2005, a atriz fez uma participação em "Didi - o caçador de tesouros". "Era um filme infantil e eu ainda estava no comecinho de tudo. Agora é pra valer, a Maridalva é uma das protagonistas da história."

Belmonte diz que o filme será uma "comédia de ação" - as filmagens em janeiro de 2011 incluirão cenas de perseguição e fuga de traficantes em locações no bairro carioca de São Cristóvão e uma favela a ser definida.

Mas "Billi pig" provavelmente colocará Grazi em contato com o público infantil graças a um certo toque de "realismo fantástico". Na trama, Maridalva "conversa" com um porquinho de pelúcia, que lhe denuncia as armações do marido trapalhão.

"Será um boneco que acompanha a personagem desde a infância. Pensei em chamar um amigo meu que é fanho para dublar, mas agora estou negociando com a Iara Jamra. Vamos ver se rola...", adianta Belmonte.

"Billi pig", com estreia prevista para o primeiro semestre de 2012, também marcará a volta de Selton Mello somente como ator de cinema. Após estrear como cineasta no contundente "Feliz natal" (2008), ele dirigiu e atuou em "O palhaço", que chegará às telas entre maio e junho de 2011.

"As pessoas perguntam se depois que virei diretor eu fico me intrometendo no trabalho dos outros, pentelhando câmera, fotografia... Mas eu sempre fui assim, sempre quis entender o processo todo", conta o ator. "Depois de dirigir, mudei um pouco. É bom chegar no set com o texto decorado, só obedecendo ordens e tentando não derrubar nada do cenário."

Por: Dolores Orosco

veja também