MENU

Não deixem que processo eleitoral "estrague" avanços, pede Lula

Não deixem que processo eleitoral "estrague" avanços, pede Lula

Atualizado: Quarta-feira, 9 Junho de 2010 as 4:51

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta quarta-feira (9) que as pessoas evitem que o ''processo eleitoral estrague'' o crescimento do Brasil. Durante cerimônia de apresentação das ações de fortalecimento da Política Nacional de Atenção às Urgências, em Natal, Lula afirmou que fará de tudo para manter a inflação controlada e o equilíbrio fiscal do país.

''Não permita que o processo eleitoral estrague o que está acontecendo no Brasil. Da minha parte vamos manter a estabilidade econômica. Farei qualquer coisa para não deixar a inflação voltar'', afirmou. Lula lembrou o crescimento de 9% do PIB no primeiro trimestre deste ano sobre o mesmo período de 2009.

''Vocês viram ontem os jornais, o pessoal está dizendo assim,'o Brasil tem crescimento made in China, Brasil está crescendo como a China. Nesse ano vamos criar mais de 2 milhões de novos empregos no país. Se alguém pensa que por conta das eleições eu vou rasgar nota de cinco reais, pode tirar cavalo da chuva'', afirmou. Segundo o presidente, o Brasil está vivendo um momento ''excepcional''. ''Agora, vamos manter este país com desenvolvimento'', disse.

Durante o discurso, Lula ressaltou que nos últimos sete anos foi ampliado  o acesso da classe pobre a empréstimos bancários. Ele ressaltou que na medida em que os bancos passaram a conceder mais crédito aos pobres, a inadimplência caiu. De acordo com o presidente, os pobres têm como principal patrimônio a honra e, portanto, costumam respeitar os pagamentos.

''Estamos fazendo o que Jesus nos ensinou, a multiplicação dos pães. Estamos dando acesso a todos ao que era apenas para uma parcela dos brasileiros'', disse.

Por Nathalia Passarinho

veja também