MENU

'Não tenho problema com a Justiça', diz novo prefeito de Campinas

'Não tenho problema com a Justiça', diz novo prefeito de Campinas

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 2:31

Vilagra tomou posse na manhã desta terça-feira, em

Campinas (Foto: Letícia Macedo/G1)

  O novo prefeito de Campinas, Demétrio Vilagra (PT), afirmou no início da tarde desta terça-feira (23), que tem certeza de que será absolvido da acusação de envolvimento em um esquema de corrupção na gestão do seu antecessor. O novo chefe do executivo é citado pelo Ministério Público no mesmo processo que terminou com a cassação do Hélio de Oliveira Santos (PDT). Vilagra afirmou não ter “problema com a Justiça”.

Quando questionado sobre a postura do PT que apoiou a cassação de Dr. Hélio, mas, segundo ele, apóia a sua gestão, Vilagra declarou: “Estou assumindo porque tenho convicção de que sou uma pessoa livre. Eu não tenho problema nenhum com a Justiça”, afirmou o novo prefeito.   Vilagra não quis comentar a iniciativa do PSDB que, logo após a sua posse, entrou com um protocolo para a criação de uma comissão processante e de um pedido de afastamento para o novo chefe do Executivo. “Isso aí é uma decisão da Câmara, que é um poder independente. Não me cabe comentar se eu sou contra ou a favor. Tenho certeza que as acusações que pesam contra mim, a Justiça vai me liberar. Eu não tenho nada que leve a cassar o meu mandato”, declarou.

Em outro momento, o prefeito disse que, em caso de condenação, ele mesmo colocará seu cargo à disposição. “Amanhã ou depois, se porventura for condenado, não precisa nada de comissão processante. Eu mesmo vou colocar meu cargo à disposição, vou renunciar.”

Durante o seu discurso de posse, Vilagra cometeu um deslize e afirmou que seu mandato irá a até o fim de 2011, quando na verdade a previsão do término é em dezembro de 2012. O engano foi corrigido logo em seguida. Durante a coletiva, o prefeito voltou a fazer uma referência errada sobre a duração de seu mandato. “Tenho certeza de que a Câmara dos vereadores, que a sociedade civil organizada de Campinas vai estar junto comigo para que possamos fazer essa transição democrática de uma forma transparente para que o próximo governo, que vai assumir o ano que vem, tenha em Campinas uma cidade organizada, com serviços públicos funcionando”, declarou Vilagra.        

veja também