MENU

Ônibus lotado cai em buraco e prensa caminhonete em Campo Grande

Ônibus lotado cai em buraco e prensa caminhonete em Campo Grande

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 1:27

Após cair em buraco, ônibus bateu em caminhonete que ficou prensada (Foto: Tawany Marry/G1 MS)

  Um ônibus coletivo lotado de passageiros caiu em um buraco na manhã desta segunda-feira (20), no centro de Campo Grande. Uma caminhonete que trafegava na pista ao lado ficou prensada entre o ônibus e um carro estacionado. Ninguém ficou ferido no acidente.

Havia um vazamento de água no trecho da rua 13 de Maio, onde o coletivo caiu. Segundo Dezio Martins, funcionário de um funerária que fica em frente ao local do acidente, por volta da meia-noite começou a “brotar” água no asfalto. “O vazamento começou discreto, mas após um tempo a água saiu de fora a fora na rua”, contou o atendente.

O motorista do coletivo, Wander da Silveira, disse que na primeira volta, às 5h30, já havia muita água na rua, alcançando o meio-fio. “Dei uma diminuída para um ônibus que estava na minha frente passar, e quando foi a minha vez, uma das rodas do veículo caiu no buraco”, afirma.

No momento do acidente, o veículo transportava 60 passageiros. De acordo com Silveira, o peso total do ônibus lotado é de aproximadamente 15 toneladas. Após o acidente, os passageiros, que não ficaram feridos, seguiram viagem em outros ônibus.

Três ocupantes da caminhonete tiveram de sair pela janela traseira. O estudante José Alberto Lechuga Júnior disse que o pai estava conduzindo por uma das faixas quando viu o ônibus se aproximar. “A rua estava toda alagada, mas não tinha buraco. Acho que cedeu por causa do peso do ônibus”, afirmou. O professor José Alberto Lechuga acredita que o prejuízo com os danos na caminhonete deve chegar a R$ 10 mil.

O dono do carro que estava estacionado, o aposentado Jairo Amarante, leva diariamente a irmã, que é deficiente física, para o hospital. Ele disse que, logo após deixá-la, ouviu a batida e viu que seu carro estava envolvido. O aposentando estima que terá de gastar R$ 8 mil para consertar o automóvel.

Reparos

A assessoria da concessionária responsável pelo abastecimento de água em Campo Grande informou que o primeiro chamado por causa do vazamento ocorreu às 6h09, cerca de 20 minutos antes de o ônibus cair no buraco. Não há informações sobre o que causou a formação do buraco, mesmo assim, a empresa garante que irá ressarcir os donos dos veículos. Ainda segundo a concessionária, a previsão é de que os reparos na via terminem ao meio-dia.

Acidente deixou trânsito lento em rua no centro de Campo Grande (Foto: Tawany Marry/G1 MS)              

veja também