MENU

No Ceará, projeto incentiva pais a participarem da gravidez das esposa

No Ceará, projeto incentiva pais a participarem da gravidez das esposa

Atualizado: Domingo, 7 Agosto de 2011 as 10:15

No município de Itaiçaba, na região do Vale do Jaguaribe, no Ceará, um projeto que busca incentivar o marido a participar de todo o processo de gestação da companheira ajudou a reduzir os índices de mortalidade infantil em 66% nos últimos três anos. Em 2010, uma única morte foi registrada entre 112 nascimentos. Desde a criação do projeto "Pais Grávidos", há 10 anos, nenhuma mulher morreu na gestação ou no pós-parto.

De acordo com a coordenadora do projeto, Genilse Oliveira, a companhia do marido faz toda diferença. "Percebemos que quando chamamos os pais, a mulher se sente fortalecida, mais segura, mais dona de si. Quando o pai participa do pré-natal, dos exames, vai à consulta, ele faz perguntas e isso é enriquecedor porque a mãe se sente amada, protegida. Na hora do parto também é importante porque ajuda o parto natural", assegura Genilse.

O agricultor José Ivo de Moraes Lima atesta a importância do projeto: "na primeira vez a gente fica apreensivo, sem saber como agir. Aqui a gente acompanha os seminários e aprende como deve fazer da maneira correta."    

veja também