MENU

No RS, ministro recebe apoio para pacto nacional de segurança

No RS, ministro recebe apoio para pacto nacional de segurança

Atualizado: Sábado, 22 Janeiro de 2011 as 9:51

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, se reuniu nesta sexta-feira (21), em Porto Alegre, com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, para traçar estratégias conjuntas de combate ao crime organizado, uma das principais propostas de governo de Dilma Rousseff, além de obter apoio para o pacto nacional de segurança.

Cardozo está visitando os estados para obter apoio dos governadores ao pacto nacional de segurança. Ele jé esteve em São Paulo e Minas Gerais. Os próximos estados a ser visitados serão Espírito Santo e Rio de Janeiro.

A presidente Dilma Rousseff deve convocar para o mês de março uma reunião entre os secretários de segurança pública de todos os estados para traçar estratégias de integração entre o governo federal e os estados para combater a criminalidade. Durante a visita ao Rio Grande do Sul, o ministro da Justiça afirmou que o combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas são prioridades do governo de Dilma Rousseff. Ele aproveitou a ocasião para firmar convênios na área de segurança.

Parceria

O governo do Rio Grande do Sul e a Caixa Econômica Federal firmaram convênio para financiar a compra, construção e reforma de residências para servidores estaduais da Segurança Pública. Cardozo participou da entrega de quatro delegacias de polícia móveis adquiridas com verbas do governo federal.

Cardozo e Genro assinaram também o reingresso do Rio Grande do Sul no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Segundo o ministro da Justiça, o Pronasci é a afirmação de uma política "correta na perspectiva de desenvolver eixos de enfrentamento da criminalidade dentro de premissas de cidadania, de respeito ao cidadão".  

veja também