MENU

No último dia de vacinação contra a gripe, DF atinge 62% da meta

No último dia de vacinação contra a gripe, DF atinge 62% da meta

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 9:27

A campanha nacional de vacinação contra a gripe chega ao último dia com 62,03% do público-alvo vacinado no Distrito Federal. Segundo o Ministério da Saúde, até as 19h desta quinta-feira (12), véspera do fim da campanha, 200.608 pessoas haviam procurado um posto de saúde para tomar a vacina.

Idosa é vacinada contra a gripe no sábado passado em posto de saúde de Brasília (Foto: Agência Brasil)

  A meta no DF é imunizar 80% do público-alvo, composto por 323.430. Para o  DF atingir a meta, é preciso que 58.136 pessoas sejam vacinadas nesta sexta (13). Os grupos prioritários para a vacinação são profissionais de saúde, gestantes, idosos acima de 70 anos, crianças de seis meses a dois anos incompletos.     Segundo o balanço do Ministério da Saúde, 90,33% dos profissionais de saúde foram vacinados; 67,53% dos idosos, 53,93% das crianças e, com o menor percentual, 34,11% das gestantes.

Para a técnica do núcleo de imunização da Secretaria de Saúde do Distrito Federal Rosilene Rodrigues, a baixa vacinação de gestantes se deve ao receio das futuras mães em prejudicar o bebê. Isso acontece, segundo ela, ao fato de este não haver tradição na vacinação de gestantes. “Não é histórico a vacinação de gestantes, elas não se vacinavam com tanta frequência como hoje.”

Segundo Rosilene, não há motivo para preocupação. “Estudos comprovam que a vacina não acarreta nenhum mal ao feto, até porque a vacina é de vírus mortos, então ela não tem a capacidade de transmitir qualquer doença”, afirma.

Segundo a secretaria de saúde, não existe previsão para a prorrogação da campanha, que tem final marcado para esta sexta (13). Em Belo Horizonte , Rio de Janeiro (capital) e no estado de São Paulo a campanha foi prorrogada. Em todas essas localidades, o último dia de vacinação será 20 de maio.

De acordo com Rosilene, a procura pela vacinação cresce nos últimos dias. “As pessoas têm o habito de deixar pra depois. Existe uma demora um pouco maior [nos postos de saúde], mas a gente pede que a comunidade tenha paciência e aguarde a sua vez. Todos serão vacinados”, disse.

Os postos de saúde do DF funcionam das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. Pelo telefone 160, as pessoas podem obter informações sobre a campanha e os endereços dos postos de vacinação.

Campanha e contraindicações

A Campanha de Vacinação é realizada desde 1999, mas tinha como alvos apenas idosos e indígenas. Esse é o primeiro ano em que também foram incluídos crianças, gestantes e profissionais de Saúde.

A vacina só é contraindicada para quem tem alergia à chamada "proteína do ovo" ou apresentou reação alérgica em vacinações anteriores. Também é recomendado que a pessoa que estiver com alguma doença que cause febre adie a vacina até apresentar melhora do quadro.

A meta nacional é vacinar 24 milhões de pessoas. Para isso, o Ministério da Saúde disponibilizou 32,7 milhões de doses de vacinas contra as gripes normal e H1N1, distribuídos em 33 mil postos de saúde de todo o país.          

veja também