MENU

Notícias sobre escândalo envolvendo Arruda desaparecem do site da OAB-DF

Notícias sobre escândalo envolvendo Arruda desaparecem do site da OAB-DF

Atualizado: Sexta-feira, 8 Janeiro de 2010 as 12

Notícias referentes ao escândalo envolvendo o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), desapareceram do site da OAB (Ordem dos advogados do Brasil) do DF.

As páginas, que traziam reportagens sobre o escândalo do mensalão do DEM, sumiram dias após o novo presidente da entidade, Francisco Caputo, tomar posse do cargo. Caputo é membro do escritório de advocacia que defende Arruda.

Logo após o surgimento das imagens em que o governador aparece recebendo dinheiro do ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa, a OAB-DF, então presidida por Estefânia Viveiros, protocolou na Câmara Legislativa pedido de impeachment contra Arruda e de cassação dos deputados envolvidos no caso. Apesar de achar estranho o sumiço das notícias, Viveiros não quis comentar o fato.

Procurada, a assessoria da OAB-DF alegou que todo o site foi retirado do ar no último dia 5 para atualização de dados sobre a nova presidência. Disse, ainda, que o problema deve ter sido técnico, pois, ''não houve nenhuma ordem para que as notícias referentes ao caso envolvendo Arruda fossem retiradas''. A entidade afirmou que as páginas devem voltar ao ar em breve.

Dias atrás, o governo do Distrito Federal retirou da lista de premiados com a medalha comemorativa dos 200 anos da Polícia Militar Durval Barbosa, autor das denúncias do mensalão do DEM, e a própria Estefânia Viveiros.

Segundo a assessoria de Arruda, eles saíram da lista ''por proteção'', para que ninguém os atacasse, dizendo que foram premiados pelo governo.

veja também