MENU

Nove mulheres compõem o ministério de Dilma Rousseff

Nove mulheres compõem o ministério de Dilma Rousseff

Atualizado: Segunda-feira, 27 Dezembro de 2010 as 9:27

O governo da presidente eleita Dilma Rousseff é o que mais terá mulheres a frente dos ministérios. Ao todo, Dilma convidou nove ministras que irão chefiar as pastas. A quantidade supera as mulheres que fizeram parte do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com cinco ministras.

Entre as escolhidas, seis são filiadas ao PT e as outras três não têm partido. A senadora Ideli Salvati (SC), ocupará o Ministério da Pesca. A escolhida para comandar a Secretaria de Direitos Humanos é a deputada federal Maria do Rosário. A economista Tereza Campello (RS) comandará o Ministério do Desenvolvimento Social.

Para o Ministério do Planejamento, Dilma convidou Miriam Belchior (SP), que atualmente está a frente do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), um dos programas de governo considerados mais importantes pelo presidente Lula.

A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres terá à frente a deputada federal Iriny Lopes (ES). A Secretaria de Especial de Promoção da Igualdade Racial será comandada pela socióloga Luiza Helena de Bairros.

As outras três escolhidas foram a jornalista Helena Chagas, que assume a Secretaria de Comunicação Social. Izabella Teixeira, que assumiu a chefia do Ministério do Meio Ambiente quando o então ministro Carlos Minc (PV) deixou o cargo para concorrer ao governo do Rio de Janeiro, continua à frente da pasta.

Por fim, a presidente eleita convidou a irmã do cantor Chico Buarque, Ana Buarque de Hollanda, ex-diretora de música da Funarte (Fundação Nacional de Artes), para comandar a pasta da Cultura.

veja também