MENU

Novo núcleo da Baixada Fluminense trata homens que agridem mulheres

Novo núcleo da Baixada Fluminense trata homens que agridem mulheres

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 8:47

Em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, os homens que agridem mulheres não são mais encaminhados apenas à polícia e à Justiça. Um núcleo foi criado para tratar dos agressores. Eles terão atendimento psicológico e passarão por dinâmicas de grupo. A proposta é que eles sejam reabilitados e voltem ao convívio da familia. O primeiro grupo começa as atividades na próxima terça-feira (29).

Inaugurado no dia 18 de março, o Centro de Referência do Homem busca trazer uma noção de responsabilização para os autores de agressões contra mulheres. Eles são encaminhados pelo juizado ou podem se apresentar voluntariamente.

Lá, são recebidos por equipes multidisciplinares formadas por psicólogos, advogados e assistentes sociais para uma avaliação. As ações educativas são realizadas em escolas e hospitais.

Delegacia móvel atende mulheres em São Gonçalo

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) criou a primeira delegacia itinerante, voltada especialmente para a população feminina. Desde novembro de 2010, o projeto Deam Itinerante já percorreu alguns municípios e comunidades pacificadas no Rio de Janeiro.

Nesta sexta-feira (25), o ônibus está em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, na Praça do Rodo, apoiando a caminhada realizada pela ONG "Movimento de Mulheres", pelo fim da violência contra a mulher, entre 9h e 17h.

No final de mês, nos dias 28 e 29, a Deam Itinerante estará na Praça Vicente Cicarino, no centro de Itaguaí, na Baixada Fluminense, das 10h às 17h. A lista completa com as Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher.        

veja também