OAB comemora aprovação de "ficha suja" e diz que Parlamento funciona sob pressão

OAB comemora aprovação de "ficha suja" e diz que Parlamento funciona sob pressão

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 5:03

O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Cavalcante, comemorou nesta quarta-feira a aprovação pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do projeto contra candidatos com ''ficha suja'' nas eleições.

Cavalcante afirmou que o projeto foi construído e votado a partir de uma pressão popular claramente legítima. ''O Parlamento deve funcionar sempre assim, sob pressão da sociedade. É importante que o Congresso seja a caixa de ressonância da sociedade e que os parlamentares tenham a satisfação de receber as pressões da sociedade e serem sensíveis a elas.''

Para a OAB, a aprovação é uma vitória da ética na política brasileira. ''A sociedade deu o seu recado: o Brasil não aguenta mais tanta impunidade e corrupção. A cidadania faz valer a sua vontade, de um Brasil ético, feito por políticos compromissados com as causas republicanas.''

Cavalcante destacou que o projeto detém, de fato, artigos a serem modificados - o que deverá ser feito por meio de emendas. No entanto, para ele, mais importante é aprovar logo o texto para que ele possa valer já para as eleições deste ano.

''Há correções a serem feitas, entretanto, nada que prejudique a essência do projeto'', afirmou. ''O importante é que este projeto é constitucional, atende aos anseios da sociedade e tem que valer de imediato, já para as próximas eleições'', reiterou.

veja também