Obama cancela discurso aberto ao público na Cinelândia, no Rio

Obama cancela discurso aberto ao público na Cinelândia, no Rio

Atualizado: Sexta-feira, 18 Março de 2011 as 8:54

Mudou de lugar o discurso que Barack Obama fará no Rio. Em vez de falar em público, num palco montado na Cinelândia, no Centro da cidade, o presidente americano deve discursar dentro do Teatro Municipal, para um público restrito.

A informação foi publicada pelo colunista Ancelmo Gois, no Jornal 'O Globo' e confirmada pela repórter Zileide Silva, da TV Globo.

A decisão aconteceu na noite de quinta-feira (17), depois de o consulado americano já ter confirmado o discurso aberto. O palco na Cinelândia chegou a começar a ser montado, mas a montagem no local foi suspensa. Nem a embaixada enm o consulado nos Estados Unidos, no entanto, confirmam oficialmente a informação.

Interdições

Na própria quinta, foram suspensas as intedições que estavam previstas para a partir da meia-noite, a pedido do consulado dos Estados Unidos. Na manhã desta sexta-feira (18), a prefeitura do Rio afirmou que ainda não foi informada oficialmente das mudanças do discurso e, por isso, as interdições programadas nas ruas do Centro continuarão a ser executadas conforme a programação do esquema de trânsito especial divulgado anteriormente.

Confira abaixo as informações previstas:

* A partir de sexta-feira (18) - horário ainda não definido

- Rua Evaristo da Veiga entre a Rua Senador Dantas e a Avenida Rio Branco

- Avenida 13 de Maio

- Rua de serviço junto à Praça Floriano

* A partir das 7h de sábado (19)

- O tráfego será proibido em parte da Av. Rio Branco, entre Av. Almirante Barroso e Rua Santa Luzia

- Ruas no entorno da Cinelândia

* A partir das 5h de domingo (20)

- Todas as ruas transversais a Av. Rio Branco, desde a Av. Beira Mar até a Av. Presidente Vargas

- Pista lateral da Av. Presidente Vargas junto às edificações no sentido Praça da Bandeira - Candelária; entre a Avenida Passos e a Rua Uruguaiana; e entre a Rua Uruguaiana e a Av. Rio Branco.    

veja também