Obra é uma das portas de entradas da Zona Leste, segundo Kassab. Ela vai interligar os bairros do Tatuapé e da Mooca.

Obra é uma das portas de entradas da Zona Leste, segundo Kassab. Ela vai interligar os bairros do Tatuapé e da Mooca.

Atualizado: Quinta-feira, 2 Setembro de 2010 as 8:18

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, afirmou na manhã dessa quarta-feira (1º) que o Complexo Viário Padre Adelino, no Tatuapé, na Zona Leste, pode ser inaugurado até o fim do ano. A obra vai interligar os bairros do Tatuapé e da Mooca. Já as suas alças de acesso permitirão a ligação com a Avenida Salim Farah Maluf e a Radial Leste.

“A obra está quase pronta. Nós vamos fazer um esforço muito grande para poder inaugurá-la ainda esse ano. Não é um compromisso, mas é uma meta”, afirmou o prefeito durante a vistoria da obra de construção do viaduto Padre Adelino. Kassab explicou que existem algumas pendências com relação a uma área que foi desapropriada para a realização da obra, mas que a Prefeitura está otimista para concluir a obra antes do prazo previsto, que era de março de 2011.

Para Kassab, a obra pode ser considerada uma das portas de entrada da Zona Leste. “Milhares de pessoas vão utilizá-la. Vai melhorar o acesso para ir e vir da Zona Leste, principalmente para as pessoas que vão acessar a Radial Leste”, declarou.

As obras do Complexo Viário Padre Adelino compreendem a construção do Viaduto Padre Adelino, o alargamento do Viaduto Pires do Rio, além construção de alças de acesso e vias de apoio. No Viaduto Catiguá/Balem ainda faltam ser concluídas as obras viárias do entorno e de acesso.

Sinalização na Marginal Tietê

Nesta manhã, quando perguntado sobre os problemas de sinalização da Marginal Tietê, o prefeito disse que a Prefeitura pode solicitar à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que faça ajustes na sinalização. “Se identificarmos que algumas placas estão mal colocadas e o acesso à sinalização está difícil, é evidente que vamos solicitar à CET que retire e faça os ajustes necessários”, declarou o Kassab.

“Não é possível que em uma via que é uma das mais utilizadas do planeta -- quase 1 milhão de veículos circulam pelas marginais diariamente -- tenha uma sinalização inadequada. Faltam pequenos ajustes que serão corrigidos caso fiquem constatados”, disse. Na terça-feira (31) terminou o prazo concedido pelo Ministério Público para que a Dersa finalizasse a sinalização definitiva da Marginal Tietê. Até terça-feira, placas laranjas, que são provisórias, ainda estavam sendo utilizadas em alguns pontos.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também