MENU

Oito acusados de linchamento em praça serão julgados em Mato Grosso

Oito acusados de linchamento em praça serão julgados em Mato Grosso

Atualizado: Sexta-feira, 19 Agosto de 2011 as 11:16

Oito pessoas acusadas de envolvimento em um triplo homicídio no município de Juara, a 690 quilômetros de Cuiabá, serão julgadas pela Justiça de Mato Grosso nos dias 19 e 29 de setembro na comarca de Sinop, a 503 quilômetros da capital. Três homens que estavam presos pelo assalto a um taxista foram mortos pelos acusados no meio de uma praça em Juara com golpes de faca, facão, foice, marreta, machado e pedaços de madeira.

O caso ocorreu em janeiro de 1988. Na época, os três homens assassinados foram presos em Juara. O crime provocou grande comoção da população e, para evitar o linchamento, a polícia os transferiu para a cadeia de Porto dos Gaúchos na tentativa de protegê-los.

Segundo a denúncia, três dos acusados que serão julgados organizaram-se e foram até a cadeia em Porto dos Gaúchos, renderam o carcereiro, pegaram as vítimas e as levaram até uma praça em Juara. As vítimas foram torturadas, assassinadas e tiveram os corpos pendurados de cabeça para baixo na praça. O Ministério Público aponta que uma das vítimas teve o coração arrancado com golpes de facão.

Transferência

Em 2009, a Turma de Câmaras Criminais Reunidas, do Tribunal de Justiça, acolheu o pedido formulado pelo Juízo da Primeira Vara Criminal de Juara para que três acusados fossem julgados em Sinop e não em Juara, onde ocorreu o crime. De acordo com o pedido de desaforamento (transferência de julgamento de um juízo para outro), os reús seriam pessoas tradicionais da sociedade de Juara.

  No dia 19 de setembro, três homens vão se sentar no banco dos réus. No dia 29, serão outros cinco. Os júris serão conduzidos pelo juiz Mário Augusto Machado.

veja também